Augusto Boal deixou saudades

No dia 2 de maio de 2009, Augusto Boal, uma das maiores figuras do teatro nacional e mundial, encerrava sua carreira nos palcos e na vida. Fundador do Teatro do Oprimido, o diretor, dramaturgo, ensaísta teatral e embaixador mundial do Teatro em 2009, deixou como legado 22 obras traduzidas para diversos países.

Por causa de sua relevância, o jornal britânico “The Guardian” ressaltou sua importância para os palcos: “Augusto Boal reinventou o teatro político e é uma figura internacional tão importante quanto Brecht ou Stanislawski”.

Confira um trecho da entrevista de Augusto Boal no programa “Espelho”, do Canal Brasil:

{youtube}VzgdXZQH01M{/youtube}

Deixe uma resposta